Wednesday, August 16, 2006

Cuba em números


Fidel dizendo ATIREM! Ao executar inimigos políticos no Paredón
Achei no post do BLOGANDO FRANCAMENTE, uns números que me deixaram abismada, percebam que os números são do ano de 2004.
Os números já devem ser bem maiores.

Os números, que abrangem o período de 1959 até hoje, serão publicados em breve sob o título “Livro Negro da Revolução Cubana”. São os seguintes:

Fuzilados: 5.621.
Assassinados extrajudicialmente: 1.163.
Presos políticos mortos no cárcere por maus tratos, falta de assistência médica ou causas naturais: 1.081.
Guerrilheiros anticastristas mortos em combate: 1.258.
Soldados cubanos mortos em missões no exterior: 14.160.
Mortos ou desaparecidos em tentativas de fuga do país: 77.824.
Civis mortos em ataques químicos em Mavinga, Angola: 5.000.
Guerrilheiros da Unita mortos em combate contra tropas cubanas: 9.380.
Total: 115.127 (não inclui mortes causadas por atividades subversivas no exterior).

Fonte: Olavo de Carvalho, publicado em 07 de agosto de 2004.

0 Comments:

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home