Monday, August 28, 2006

A lenta morte do Comandante


A primera confirmação partiu de Lula da Silva: Fidel Castro tem câncer. Logo a chancelaria brasileira desmentiu o presidente, mas era verdade. O Comandante sangrou, o abriram, e encontraram un câncer extendido e incurável. Nada, extranho em um ancião de oitenta anos. O prognóstico é que não demorará muito a morrer. Ninguém ousa dizer uma data, mas os diplomatas europeus creditados em Cuba, em voz baixa, pensam que não verá o ano 2007, embora logo expressam suas opiniões: "Nessa idade o câncer é lento".(leia mais, em espanhol aqui)

1 Comments:

At 2:11 AM, Blogger !Ya No Mas! said...

Excellent Article...

 

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home